Comendador Araújo (41) 3079-1949
Santos Andrade (41) 3049-3107

Resultado da pesquisa por : Caco Barcellos


Abusado - o dono do morro dona marta

Caco Barcellos
ano: 2005
editora: Record
estante: Comunicação Livro Reportagem
peso: 1170 gramas
cadastro: 13/04/18
código: 1000226328376
Este livro aborda um dos assuntos de maior interesse atualmente: trata-se de um reportagem investigativa sobre a entrada do Comando Vermelho na favela Santa Marta, no Rio de Janeiro, e a formação de uma geração de traficantes. O autor, Caco Barcelos, é correspondente internacional da Rede Globo e é considerado um dos jornalistas de maior prestígio dentro da emissora. Livro com sinais de manuseio.com acidificação nos cortes.encadernado.





Rota 66

Barcellos, Caco
ano: 1992
editora: Globo
estante: Comunicação Livro Reportagem
peso: 632 gramas
cadastro: 15/06/18
código: 9788501065261
Livro em bom estado de conservação, com sinais de manuseio. Cód. Barras: 9788501065261 Assunto: Livro Reportagem Loja: Sebo Kapricho II





Rota 66: a história da polícia que mata

Caco Barcellos
ano: 2014
editora: Record
estante: Comunicação Jornalismo Literário.
peso: 607 gramas
cadastro: 23/04/15 - 18:35
código: 1000200321577
Vencedor do prêmio Jabuti de 1993, Rota 66 - A história da polícia que mata é uma rigorosa investigação sobre o trabalho da Polícia Militar de São Paulo entre as décadas de 1970 e 1990. Nele, Caco Barcellos, um dos mais prestigiados jornalistas brasileiros, denuncia a atuação irregular da Ronda Ostensiva Tobias de Aguiar (Rota) como um verdadeiro aparelho estatal de extermínio. Um esquadrão da morte responsável pela morte de milhares de pessoas. A maioria delas inocente. Livro Novo, Reimpressão em 2014.





Rota 66: a história da polícia que mata

Caco Barcellos
ano: 2014
editora: Record
estante: Comunicação Jornalismo Literário.
peso: 607 gramas
cadastro: 23/04/15 - 18:35
código: 1000200321553
Vencedor do prêmio Jabuti de 1993, Rota 66 - A história da polícia que mata é uma rigorosa investigação sobre o trabalho da Polícia Militar de São Paulo entre as décadas de 1970 e 1990. Nele, Caco Barcellos, um dos mais prestigiados jornalistas brasileiros, denuncia a atuação irregular da Ronda Ostensiva Tobias de Aguiar (Rota) como um verdadeiro aparelho estatal de extermínio. Um esquadrão da morte responsável pela morte de milhares de pessoas. A maioria delas inocente. Livro Novo, Reimpressão em 2014.





Editoras

Record
Globo


0 - 4 de 4